decoração com estilo industrial

8 ideias para conseguir uma decoração com estilo industrial

Quer decorar a sua casa com o estilo industrial?
Deixamos-lhe aqui algumas ideias sobre a decoração de estilo industrial

O que é a decoração de estilo industrial?

Espaços amplos, janelas de grandes dimensões, móveis de madeira tosca e metal. O estilo industrial está na moda, embora tenha mais de 70 anos.

O estilo industrial teve origem nos anos 50 em Nova Iorque quando jovens artistas ocuparam, pouco a pouco, antigas fábricas, indústrias e armazéns abandonados. Além de terem encontrado nestes locais não só uma habitação, encontraram também um local para trabalhar. Foi assim que nasceram os lofts: espaços amplos, com janelas de grandes dimensões, tetos muito altos, pisos de cimento, paredes com o tijolo à vista, vigas de ferro… O cenário perfeito para a decoração industrial.

CONFORAMA - PT - Descubra as últimas novidades em decoraçao e iluminaca

A decoração industrial é conhecida pela nudez dos ambientes, pelas estruturas à vista e pela dureza dos materiais. Trata-se de um estilo intemporal, caracterizado por espaços abertos, pela mistura de peças oxidadas e móveis desgastados, bem como materiais como o ferro, o aço, o cimento, para além de, é claro, uma filosofia de vida de vanguarda.

Como criar o estilo industrial?

Quer recriar o estilo industrial em sua casa? Faça-o com móveis de madeira tosca e metal, peças com aspecto envelhecido, vigas à mostra, detalhes retro…
Siga as nossas dicas para uma decoração industrial:

1 – Espaços amplos e estruturas à vista

Se for possível, tente eliminar a maior parte das paredes da sua casa para ficar tudo amplo ou separe os espaços com painéis de vidro para uma maior sensação de amplitude.

A decoração industrial aposta na nudez das estruturas. Tudo à mostra: canalizações à vista, paredes com os tijolos à vista, vigas originais dos tetos à mostra, colunas de ferro ou de cimento em bruto… Estes elementos, parte integrante da arquitetura interior das construções, ficam expostos como parte do design.

403063_Denver_Amb

2 – Materiais com carácter

Opte por materiais com carácter. Quando pensamos em decoração industrial, pensamos em madeira sem qualquer tipo de tratamento, pensamos em materiais em bruto, como o ferro, o aço, o metal, o cimento, o couro, as cordas, o vime e outras fibras naturais combinados com os tijolos à vista. Estes materiais ficam expostos, na sua versão mais natural, sem qualquer aplicação de gesso, tintas ou vernizes. Os detalhes em madeira fazem o contraste perfeito de modo a proporcionar um ambiente mais acolhedor e aconchegante.

3 – Cores sóbrias e neutras

Opte por cores sóbrias e neutras, como brancos, cinzentos e, sobretudo, o preto. A paleta cromática da decoração industrial aposta nos tons neutros, para evitar distrações, pois o centro das atenções devem ser os materiais e as estruturas.

4 – Amplitude visual e luminosidade

As casas tipo loft são o cenário perfeito para o design industrial. Os seus espaços abertos combinam na perfeição com a decoração industrial, assim como os seus tetos altos, a ausência de paredes a separar as divisões e as janelas de grandes dimensões, se possível, do chão ao teto, para permitir a entrada de bastante luz natural no espaço. A iluminação artificial também é de suma importância numa decoração industrial. Exponha as lâmpadas, opte por candeeiros de metal ou ferro. E, por que não, holofotes inspirados na arte cinematográfica ou fotográfica, criando ambientes que brilham por si só?

392795-392791_Industry_AMB3

5 – Ambientes minimalistas

A decoração industrial é, de certa forma, minimalista. Os ambientes devem transmitir uma sensação de ordem e organização inquestionáveis e a escolha dos móveis e dos acessórios está condicionada à sua funcionalidade. Cada elemento deve cumprir, obrigatoriamente, uma função, mas possuir uma estética eclética, com reminiscências vintage, peças rústicas ou outras feitas com materiais reciclados. Os móveis de estilo rústico ou vintage convivem em perfeita harmonia com os grandes candeeiros industriais de metal.

6 – Peças icónicas

Decore o seu espaço com peças icónicas. Embora a decoração industrial seja bastante minimalista, isso não impede que escolha peças icónicas para decorar o seu espaço. Entre elas, conhecerá certamente o intemporal sofá Chester com estofos de couro, as cadeiras Tolix, as mesas com tampo de madeira e pés de ferro ou as de centro com rodas.

7 – Reutilização e reinvenção

Não esqueçamos que este estilo decorativo teve origem quando um grupo de jovens ocupou espaços industriais. Jovens criativos, mas com poucos recursos económicos. A reciclagem, a reutilização e a reinvenção de móveis, materiais e objetos antigos foi, por isso, obrigatória. Alguns exemplos nos quais se pode inspirar: mesas e sofás feitos com paletes de madeira, malas antigas transformadas em mesinhas-de-cabeceira, caixas com a função de prateleiras. Procure peças com carácter em antiquários ou vendas de garagem. Lembre-se: o que já não serve para uns, pode servir para outros.

8 – Têxteis com personalidade

Não se esqueça dos têxteis. Uma decoração industrial requer padrões sóbrios ou desgastados e motivos como, por exemplo, o xadrez escocês ou o tartã em tecidos como o tweed.
Já se decidiu? Vamos a isso?

Descubra os nossos últimos artigos:

Quartos rústicos: o estilo moderno em 4 temas de decoração

About Post Author