Como decorar o seu quarto ao estilo japonês


640x420-post-1-1

Cansado de dormir rodeado dos mesmos quadros e elementos decorativos? O outono está à porta e apetece preparar-se para receber o frio num ambiente mais acolhedor. Que tal dar ao seu quarto um toque oriental que conjugue funcionalide e minimalismo? Para isso, nada melhor do que o estilo japonês. Diga olá ao Império do Sol Nascente e dê-lhe um lugar em casa.

O estilo japonês no seu quarto

A cama

Se gosta de camas baixas, de certeza que não lhe será difícil mudar para um futon. Atualmente, podem encontrar-se de muitos estilos e materiais, inclusive com pequenas gavetas para aproveitar o espaço, tal como os clássicos canapés. Se este tipo de camas não lhe convencem, pode experimentar um tatame: tapete grosso de cana que se pode colocar debaixo do colchão ou sob qualquer mesa, já que se utiliza para “emoldurar” o lugar de descanso ou meditação. É recomendável que debaixo do colchão exista algum tipo de isolante, como uma estrutura baixa de madeira ou um somier laminado básico, para evitar a humidade durante os meses de temperaturas baixas. A vantagem de colocar o colchão diretamente sobre o tatame é poder retirá-lo facilmente e guardá-lo durante o dia, ampliando assim o espaço disponível.

As cores

Para as paredes, tatames, tapetes ou estores, ficam bem os tons da gama do verde, já que é a cor que mais nos transmite pureza e natureza. Para elementos decorativos mais concretos, como jarrões, velas, pedras, vasos ou candeeiros, é melhor usar cores pouco luminosas, já que se pretende transmitir uma sensação de calma. O tom mais apropriado para os móveis é o da madeira natural ou o bambú. E quando for vestir a sua nova cama, pense sobretudo em tons terra, marfim, cinzas ou brancos, com motivos orientais ou vegetais minimalistas. Proibidos os estampados fortes. Lembre-se que aqui a beleza reside na simplicidade.

A decoração

Para filtrar a entrada de luz natural, nada melhor que estores japoneses; podem encontar-se em diversos tecidos ou feitos de papel pintado. Na hora de colocar móveis, estes devem ser do mesmo tamanho da cama, não devendo sobressair. O resultado que queremos conseguir é um equilíbrio de proporções e uma sensação de espaço amplo e multifuncional, o verdadeiro objetivo da decoração nipónica. Se deseja fazer separação de espaços ou tapar objetos empilhados, acrescente um biombo a condizer com os tons escolhidos para os móveis. Como extra para a personalização desse espaço tão íntimo, um toque de aromaterapia vem sempre bem. Utilize velas perfumadas (poucas de de tamanhos proporcionados), incensos, queimadores de essências com aroma a madeira ou a elementos silvestres. Para rematar, ponha alguma música para meditar ou conseguir um sono realmente relaxante.

About Post Author