As propriedades da aromaterapia

Propiedades de la aromaterapia

Quem conhece a aromaterapia sabe que esta actividade é algo mais do que queimar incenso e colocar óleos perfumados por toda a casa. A selecção das plantas, fonte principal de extracção dos aromas, é a chave para obter os diferentes benefícios que oferecem. Quer saber mais sobre este movimento, que ganha adeptos por todo o mundo? Continue a ler!

O que é a aromaterapia?

Trata-se de uma terapia natural à base de extractos de plantas (óleos essenciais), que forma parte das técnicas curativas englobadas no grupo amplo da denominada medicina alternativa. Crê-se que o uso de óleos essenciais provenientes de plantas silvestres com fins terapêuticos é milenário, já que se têm demonstrado os efeitos positivos produzidos pelos aromas no organismo.

Benefícios da aromaterapia

A seguir, explicitaremos os benefícios mais importantes atribuídos a esta terapia natural:

  • Facilita o controle do stress e a relaxação: a aromaterapia é recomendada para reduzir as alterações associadas ao sistema nervoso: ansiedade, depressão, taquicardias ou desequilíbrios emocionais. Além disso, utiliza-se frequentemente para ambientar os lugares de concentração e relax, ajudando a lutar contra a insónia nocturna.

  • Ajuda a prevenir infecções: os extractos de algumas plantas têm propriedades anti-infecciosas (antibacterianas e antivirais), anti-inflamatórias e fungicidas. Por este motivo, costumam utilizar-se como suplemento natural em transtornos do sistema imunitário, em afecções das vias respiratórias e em infecções da pele, como a psoríase, o acne ou os eczemas.

  • É um potente estimulante e afrodisíaco natural.

  • Tem efeitos analgésicos no organismo: determinados óleos essenciais têm um alto poder anti-histanímico.

  • Evita o envelhecimento prematuro das células: as plantas, matéria prima de onde se extrai o óleo utilizado na aromaterapia, são as que proporcionam o alto poder antioxidante aos óleos. O uso de unguentos e cremes ajuda a manter o bom estado da pele.