Crie um porta-retratos minimalista

Crea un portafotos minimalista

Apesar de estarmos imersos na era digital, onde a fotografia tem um protagonismo cada vez maior – nunca foi tão fácil capturar e conservar os nossos melhores momentos -, não há nada que se compare ao poder duma imagem impressa e exposta num lugar concreto da nossa casa. Que tal se, de novo, voltamos a dar protagonismo ao analógico, à imagem emoldurada tradicional? Porque não há nada melhor do que termos presentes as pessoas de que mais gostamos, propomos-lhe que crie o seu próprio porta-retratos mural. Assim, terá sempre perto as fotografias dos seus familiares e amigos. Aceita o desafio?

Porta-retratos mural Do It Yourself

Para criar um porta-retratos para poder pendurar imagens, impressões e inclusive notas, somente deve ter à mão os seguintes materiais:

-Um rolo de cordel (de cor neutra ou de outros tons).

-Uma tesoura.

-Pequenas molas ou pinças de madeira (pode encontrá-las num bazar ou numa loja especializada em papelaria).

-Alguns pregos.

-Um martelo.

-Fotografias, notas, recortes ou o que queira pendurar.

Com todos os elementos necessários reunidos, primeiramente devemos escolher a parte da parede onde queremos criar o nosso porta-retratos mural minimalista.

Dependendo do tamanho, necessitaremos usar mais ou menos corda ou compactar o modelo estrutural da superfície do porta-retratos.

Definido o espaço, faça um esboço em papel do modelo do entrelaçado das linhas de corda que vão servir de base para pendurar as fotos. Desta forma, evitará fazer furos desnecessários na parede.

Agora é a altura de começar com o primeiro prego. Utilize um martelo e pregue o primeiro ponto de suporte do mural. Ate a esse prego a ponta da cordel da qual partirá o resto da estrutura.

Antes de continuar a atar cordel, acabe de pregar todos os pregos que formarão os eixos de giro do cordel necessários para criar o modelo do entrelaçado paro o seu mural.

Una o resto dos pregos com o cordel e forme o desenho que tinha criado no esboço prévio em papel. Acabe de unir todos os ângulos e faça um nó no prego do final da estrutura, para “fechar” o mural. Corte o cordel que sobre para que não fique nenhum cabo solto.

Já está! Agora só falta pendurar no seu porta-retratos as imagens que tenha seleccionado, fixando-as ao longo do cordel com as molas de madeira. Simples, barato e bonito. Que mais se pode pedir?